Nossa História


A Congregação Israelita Beth-El foi fundada em 1926 pelas famílias Klabin, Lafer e Kauffmann e outras famílias judias, vindas da Europa Oriental. Foram homens e mulheres que deixaram um legado de perseverança para a preservação do judaísmo. O primeiro edifício foi instalado na Rua Martinho Prado, no centro de São Paulo. Desde então, sempre foi uma comunidade respeitada e admirada e seu legado nos dá suporte para trilharmos novos caminhos rumo ao futuro.

Em 2011, a Congregação cedeu seu espaço para o futuro Museu Judaico de São Paulo. Em 2012, sob a liderança da família Feffer, ao lado de antigos frequentadores e somando-se a eles novos frequentadores, foi inaugurada a nova sede, na Rua Caçapava, no Jardim Paulista.

O Rabino Yehuda Gitelman assumiu a primeira posição como rabino da Beth-El desta nova fase e liderou um crescimento consistente e seguro. Mas era só o começo.

Desde 2019 sob a liderança espiritual do Rabino Uri Lam, em conjunto com a Diretoria, o Conselho, os profissionais e o voluntariado, a Beth-El vem se tornando cada vez mais igualitária e inclusiva. Nossas atividades são voltadas a crianças, jovens e adultos, em um trabalho consistente com o objetivo de manter e ampliar a atuação da Beth-El.

Uma das principais marcas da Beth-El são suas tefilot (serviços religiosos), que transmitem espiritualidade e religiosidade, alegria e paz. A equipe litúrgica, sua musicalidade e cavaná são sem dúvida um dos pilares da congregação.

Além das rezas em Shabat e nos feriados religiosos, oferecemos cursos, palestras e atividades.

Na Beth-El buscamos acolher cada judeu e judia de braços abertos.

* Durante a pandemia, mantemos nossas atividades online, na esperança de que, em breve, possamos voltar a nos reunir presencialmente, com toda a segurança e cuidado.